Vinagre de maçã na pele: Para manchas, acne, poros dilatados e controle da oleosidade

Durante 5 noites eu usei o vinagre de maçã na pele com o intuito de clarear as minhas manchas de sol, gravidez, idade, etc... E ao final desses cinco dias eu me surpreendi com os resultados pois foi além da proposta principal.


Partindo do princípio, o vinagre de maçã traz inúmeros benefícios para a pele, pois ele é rico em enzimas naturais, pectina e oligoelementos minerais que nutrem e tratam a pele. Além disso, ele também é rico em um composto chamado alfa-hidroxiácido que permite a eliminação das células mortas da pele, sendo o responsável pela estimulação da circulação sanguínea e pela oxigenação das partes onde a pigmentação foi alterada.



Como eu disse no vídeo acima, notei sim o clareamento de algumas manchas, mas realmente esperava mais nesses primeiros 5 dias no que diz respeito a elas. De qualquer forma, fiquei muito satisfeita ao ver meus poros menos dilatados, a pele mais iluminada, e até as linhas de expressão mais finas. Veja o antes e depois nas fotos abaixo, mas leve e…

Torresmo à moda antiga + Banha caseira

Já fazia muito tempo que estava querendo fazer torresmo aqui em casa, mas sabe aquele medinho de quando eles começam a estourar?! Pois é, confesso que esse era o meu maior receio. De vez em quando eu pedia para minha mãe fazer para mim, mas finalmente criei coragem e fiz o meu primeiro torresmo em casa, e consequentemente, a minha primeira banha também.


Como eu nunca tinha feito sozinha, pedi ajuda para a minha mãe e ela me ensinou a fazer do jeitinho que ela aprendeu, pois queria o torresmo da minha infância, o que eu comia na casa da avó (que por sinal era a minha casa porque morávamos com ela).

Hoje em dia tem diversas maneiras mais rápidas de fazer torresmo, mas parece que não é a mesma coisa. Tem torresmo feito na panela de pressão, na Air Fryer, com sal fino, sem sal, com óleo, sem óleo... mas não encontrei em nenhum lugar o passo a passo que vou mostrar nesse post (por isso que resolvi gravar o vídeo). Li apenas que um Chef também faz essa preparação, mas não falava como era o passo a passo.

Para fazer esse torresmo é muito simples, anote os ingredientes:
  • Toucinho ou Panceta (a quantidade que quiser)
  • Sal grosso 

Vamos ao passo a passo do vídeo e em seguida vou te dar algumas dicas.


Torresmo pronto mas fiz muito, como devo armazenar?

Uma forma de armazenar é na própria banha. Frite o torresmo, retire os que serão consumidos naquele momento, e deixe o restante na própria gordura, dentro de um pote com tampa. Guarde na geladeira e depois é só aquecer na própria banha novamente (não precisa utilizar toda a banha para aquecer, apenas um pouco dela). Minha tia fazia isso, lembro até hoje de vê-la guardando os torresmos assim, ele parece que foi frito na hora.

Outra opção é deixar um pouco sobre o papel toalha, e guardar em um pote com tampa e na geladeira. Depois é só aquecer quando quiser.

Mas como aquecer para que eles continuem crocantes?

Eu testei duas formas:
  1. A primeira foi no forno: Coloquei em uma forma de maneira que nenhum ficasse sobreposto. Aqueci o forno a 180°C e deixei por uns 10 minutos. Ficaram perfeitos, crocantes e mais sequinhos.
  2. A segunda vez foi no microondas: Coloquei em um prato forrado com papel toalha e por cima dos torresmos eu coloquei outra folha de papel. Deixei por 2 minutos na potência alta. Eles continuaram crocantes, mas não tão sequinhos quanto os do forno.
Minha opinião: Eu gostei mais aquecido no forno.

E também pode aquecer na própria banha, como citei no tópico de armazenamento. 


E por falar em banha, a minha intenção maior com os torresmos era essa gordura. Quem me acompanha há mais tempo sabe que não consumo óleo vegetal já faz quase 4 anos. Sim, nunca mais comprei uma garrafa de óleo durante esse tempo, a não ser o azeite de oliva para a salada. Uma vez ou outra colocava ele na panela para refogar um alho ou cebola, porém não é recomendado além de ele ser muuuuuuuito caro =).

De uns tempos para cá, comecei a guardar a banha do bacon para usar nos refogados. Até pensei em comprar a banha no mercado, mas se posso pagar mais barato e ainda ter o torresmo, porque não fazer em casa? 

Pense comigo... Eu paguei em 1 kg de toucinho menos de R$8,00 e tive o torresmo e a banha. Se eu fosse comprar a banha pronta, pagaria em 1 kg mais ou menos o mesmo preço, mas sem o torresmo.

Mas a banha do porco não faz mal à saúde?

No vídeo anterior a esse eu prometi que falaria à respeito das gorduras boas aqui no Blog, aguarde mais um pouquinho que vou fazer um post bem detalhado, mas nesse momento para desmistificar um pouco a questão da banha do porco, a Dra. Gisele Wernek que é nutróloga, diz: "Banha de porco nada mais é que a gordura do porco que pode atingir, ao contrário da maior parte das outras gorduras, altas temperaturas sem a liberação de compostos tóxicos, sendo uma opção muito mais saudável para o preparo de alimentos".

Antigamente essa gordura era a mais usada na cozinha por ser mais barata do que os óleos vegetais. Depois baixaram o preço dos óleos vegetais e a gordura animal foi deixando de fazer parte da casa dos brasileiros. Mas aqui em casa ela está entrando, e a minha comida vai fica com gostinho bom de infância.

Veja abaixo a quantidade que rendeu, na versão líquida (ainda quente) e sólida (no dia seguinte e na geladeira).




Você costuma fazer torresmo em casa? Como você faz?

Compartilhe essa receita nas suas redes sociais, ok?!

Até a próxima!



RENATA NICOLAU - 42 anos, mãe, formada em educação física e estética. Apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza. Ama aprender, ensinar e compartilhar conhecimentos. Está em busca um estilo de vida saudável, minimalista e com equilíbrio. Sua mais recente paixão é a meditação e o estudo sobre o subconsciente.




COMPARTILHE