Envelhecimento precoce da pele: Causas e Tratamentos

Na semana passada falei aqui no Blog sobre as manchas na pele, que um fator que incomoda muito as mulheres. Na pesquisa que fiz na Fanpage, em segundo lugar ficou o envelhecimento precoce, então não poderia deixar de falar sobre esse assunto também.

15 erros frequentes em vendas e como evitá-los

Em tempos de crise o que nós vendedores/consultores menos queremos é perder vendas, correto? Então hoje vou listar os 15 erros mais frequentes nessa área profissional para que possamos evitá-los na hora de atender o cliente.


  1. Achar ao invés de perguntar: É tão mais simples perguntar o que o cliente deseja, não é? Quantas vezes entramos em algum loja e o vendedor tenta adivinhar o que estamos procurando. Acredito que você não gosta dessa situação assim como eu, correto?! Tá certo que às vezes o cliente não sabe direito o que procura, ou não consegue descrever o produto que viu em algum anúncio ou imagem, de qualquer forma, fazer perguntas é o método mais prático para obter um bom resultado na venda.
  2. Não saber escutar: Não adianta nada o vendedor fazer as perguntas se não sabe ouvir o cliente. Deixe ele falar sobre o que ele quer, e procura. Prestar atenção no seu cliente é fundamental para solucionar o seu "problema", e definir o sucesso da sua venda.
  3. Falar demais: Claro que, para efetuar uma venda é preciso ter diálogo, mas sem exagerar né?! Tem vendedores que querem agradar o cliente e falam além da conta. Lembre-se de uma coisa, a chance de falar besteira é muito maior quando falamos mais do que o necessário. Limite-se a solucionar e realizar os desejos de consumo do seu cliente.
  4. Não observar os gostos do cliente: É fundamental que você entenda as necessidades do cliente, e não acabe oferecendo aquilo que você julga ser melhor e baseado no seu gosto pessoal. Durante o atendimento procure observar todos os sinais que seu cliente está passando para você. Faça perguntas certas para que ele mesmo revele o que gosta e o que não gosta. Tenho certeza que irá facilitar muito o desenrolar da sua venda.
  5. Falta de preparo: Conhecer o seu produto é fundamental pois irá passar segurança para o cliente, mas se não souber sobre algum ponto, não tenha vergonha em dizer que irá se informar melhor sobre a sua questão e que retorna com a resposta, acredito que vale mais ser sincero e verdadeiro com o cliente do que inventar qualquer mentira na hora e depois cair na sua própria armadilha.
  6. Abusar das gírias: Evite usar palavras da "moda" e expressões grotesca com seus clientes, assim como tratá-lo de "amiga(o)", "querida(o)", etc.
  7. Fazer parte de grupinhos de vendedores: Imagina você entrando numa loja e tem uma rodinha de vendedores conversando... Imaginou?! Pois é, tem muitos clientes que se sentem pouco à vontade para interromper a conversa, e acabam só "dando uma olhadinha" e não compram nada.
  8. Abordagem desanimada ou decorada: Quem é que não gosta de atendimento personalizado? Eu gosto, afinal de contas, cada cliente é único e possui características diferentes. Se não for para ser assim, é mais fácil comprar pela internet, já que praticamente tudo está à venda online. Lembre-se que o diferencial está no bom atendimento.
  9. Não dar espaço para o cliente: Outra coisa muiiiiiiito irritante (falando por mim) é entrar na loja e ter um vendedor praticamente em cima de você o tempo todo, algo do tipo: colado mesmo! Se o cliente disser: "estou dando uma olhadinha", dê espaço para ele dar a olhadinha sozinho, se ele quiser atendimento irá atrás de você. Se você ficar em cima ele vai dar uma volta e vai embora, mesmo que ele tenha encontrado o que ele estava procurando (já fiz isso muitas vezes).
  10. Abandonar o cliente: ainda sobre o erro anterior... Não é para ficar colado no cliente, mas também não vai abandoná-lo. Se faça presente, esteja aonde ele consiga te ver, mas sem invadir o espaço dele, entendeu?! Dessa forma, se ele precisar de ajuda ele irá te encontrar sem precisar sair à procura.
  11. Não dar alternativas: Se o produto que seu cliente está procurando não está disponível no momento, ofereça alternativas para ele, mas tenha o bom senso de oferecer algo semelhando ao que ele quer. Falo isso porque já passei por situações onde eu pedi A e não tinha, e me ofereceram Z, que não tinha nada a ver com o meu pedido.
  12. Negligenciar a expectativa do cliente: Não queira vender a qualquer custo o seu produto. Se perceber que ele não será útil para o seu cliente, não o force a levar fazendo falsas promessas. Assim como eu disse no erro 5, seja sempre sincero com o seu cliente, não faça promessas que não poderá cumprir.
  13. Não entender o valor do relacionamento: Uma venda não é só uma venda, mas um relacionamento entre a marca e o seu público. Se você conquistar seu cliente, com certeza ele será fiel e um ótimo porta voz do seu atendimento. Existem muitos clientes que não compram no primeiro atendimento, mas sim após ser conquistado pelo vendedor.
  14. Querer vender o produto e não o resultado: Já experimentou vender o resultado que seu produto oferece ao invés de querer vender um produto pelo preço que ele tem? Te digo uma coisa, a sensação é muito melhor, e da conquista de mais um cliente satisfeito é bem maior. Tem um post aqui no Blog que me refiro à diferença entre vendedor e consultor nesse aspecto, justamente porque alguns vendedores querem apenas te "empurrar" o produto, ao invés de colocar sua paixão para solucionar os problemas do cliente com o benefício.
  15. Focar apenas no desconto: Quando você começa a negociação logo de cara oferecendo um desconto, as chances de terminar bem são muito menores. Procure envolver seu cliente com os benefícios do produto e com a solução para o problema dele. Atenção! Não tem nada de errado você oferecer o desconto para ele, mas precisa ser no momento certo. Isso é válido tanto para vendas presenciais quanto online, porém na online funciona bem quando você "conversa" com o cliente inbox, na publicação é normal aparecer os benefícios e o desconto. Digamos que o desconto é um presente especial para ele, e jamais o benefício principal do produto. O valor real do produto é mais importante do que o valor financeiro, e é seu cliente quem decide se é caro ou barato.
Então esses são os 15 erros mais frequentes nas vendas. Você acrescentaria algum nessa lista? Compartilhe comigo porque sua opinião é muito importante para mim.

E como dizem: "Erros existem para serem aprendidos, não para serem repetidos".

Já que erramos e temos capacidade para corrigir, não vamos ficar parados não é?! Agora é a hora de fazer uma autoavaliação e modificar o que é necessário no nosso atendimento.

Até a próxima!

Fonte:
Administradores.com
Imagens: Reprodução


RENATA NICOLAU - 42 anos, mãe, formada em educação física e estética. Apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza. Ama aprender, ensinar e compartilhar conhecimentos. Está em busca um estilo de vida saudável, minimalista e com equilíbrio. Sua mais recente paixão é a meditação e o estudo sobre o subconsciente.




COMPARTILHE