Manchas na pele: Como elas se formam + prevenção e tratamento

Segundo uma enquete que realizei lá na Fanpageno Facebook, o que mais incomoda nas mulheres são as manchas que aparecem na pele, sendo mais específica, no rosto. Então hoje vou falar sobre as manchas, e também mostrar os 7 tipos mais comuns que podem aparecer.

15 erros frequentes em vendas e como evitá-los

Em tempos de crise o que nós vendedores/consultores menos queremos é perder vendas, correto? Então hoje vou listar os 15 erros mais frequentes nessa área profissional para que possamos evitá-los na hora de atender o cliente.


  1. Achar ao invés de perguntar: É tão mais simples perguntar o que o cliente deseja, não é? Quantas vezes entramos em algum loja e o vendedor tenta adivinhar o que estamos procurando. Acredito que você não gosta dessa situação assim como eu, correto?! Tá certo que às vezes o cliente não sabe direito o que procura, ou não consegue descrever o produto que viu em algum anúncio ou imagem, de qualquer forma, fazer perguntas é o método mais prático para obter um bom resultado na venda.
  2. Não saber escutar: Não adianta nada o vendedor fazer as perguntas se não sabe ouvir o cliente. Deixe ele falar sobre o que ele quer, e procura. Prestar atenção no seu cliente é fundamental para solucionar o seu "problema", e definir o sucesso da sua venda.
  3. Falar demais: Claro que, para efetuar uma venda é preciso ter diálogo, mas sem exagerar né?! Tem vendedores que querem agradar o cliente e falam além da conta. Lembre-se de uma coisa, a chance de falar besteira é muito maior quando falamos mais do que o necessário. Limite-se a solucionar e realizar os desejos de consumo do seu cliente.
  4. Não observar os gostos do cliente: É fundamental que você entenda as necessidades do cliente, e não acabe oferecendo aquilo que você julga ser melhor e baseado no seu gosto pessoal. Durante o atendimento procure observar todos os sinais que seu cliente está passando para você. Faça perguntas certas para que ele mesmo revele o que gosta e o que não gosta. Tenho certeza que irá facilitar muito o desenrolar da sua venda.
  5. Falta de preparo: Conhecer o seu produto é fundamental pois irá passar segurança para o cliente, mas se não souber sobre algum ponto, não tenha vergonha em dizer que irá se informar melhor sobre a sua questão e que retorna com a resposta, acredito que vale mais ser sincero e verdadeiro com o cliente do que inventar qualquer mentira na hora e depois cair na sua própria armadilha.
  6. Abusar das gírias: Evite usar palavras da "moda" e expressões grotesca com seus clientes, assim como tratá-lo de "amiga(o)", "querida(o)", etc.
  7. Fazer parte de grupinhos de vendedores: Imagina você entrando numa loja e tem uma rodinha de vendedores conversando... Imaginou?! Pois é, tem muitos clientes que se sentem pouco à vontade para interromper a conversa, e acabam só "dando uma olhadinha" e não compram nada.
  8. Abordagem desanimada ou decorada: Quem é que não gosta de atendimento personalizado? Eu gosto, afinal de contas, cada cliente é único e possui características diferentes. Se não for para ser assim, é mais fácil comprar pela internet, já que praticamente tudo está à venda online. Lembre-se que o diferencial está no bom atendimento.
  9. Não dar espaço para o cliente: Outra coisa muiiiiiiito irritante (falando por mim) é entrar na loja e ter um vendedor praticamente em cima de você o tempo todo, algo do tipo: colado mesmo! Se o cliente disser: "estou dando uma olhadinha", dê espaço para ele dar a olhadinha sozinho, se ele quiser atendimento irá atrás de você. Se você ficar em cima ele vai dar uma volta e vai embora, mesmo que ele tenha encontrado o que ele estava procurando (já fiz isso muitas vezes).
  10. Abandonar o cliente: ainda sobre o erro anterior... Não é para ficar colado no cliente, mas também não vai abandoná-lo. Se faça presente, esteja aonde ele consiga te ver, mas sem invadir o espaço dele, entendeu?! Dessa forma, se ele precisar de ajuda ele irá te encontrar sem precisar sair à procura.
  11. Não dar alternativas: Se o produto que seu cliente está procurando não está disponível no momento, ofereça alternativas para ele, mas tenha o bom senso de oferecer algo semelhando ao que ele quer. Falo isso porque já passei por situações onde eu pedi A e não tinha, e me ofereceram Z, que não tinha nada a ver com o meu pedido.
  12. Negligenciar a expectativa do cliente: Não queira vender a qualquer custo o seu produto. Se perceber que ele não será útil para o seu cliente, não o force a levar fazendo falsas promessas. Assim como eu disse no erro 5, seja sempre sincero com o seu cliente, não faça promessas que não poderá cumprir.
  13. Não entender o valor do relacionamento: Uma venda não é só uma venda, mas um relacionamento entre a marca e o seu público. Se você conquistar seu cliente, com certeza ele será fiel e um ótimo porta voz do seu atendimento. Existem muitos clientes que não compram no primeiro atendimento, mas sim após ser conquistado pelo vendedor.
  14. Querer vender o produto e não o resultado: Já experimentou vender o resultado que seu produto oferece ao invés de querer vender um produto pelo preço que ele tem? Te digo uma coisa, a sensação é muito melhor, e da conquista de mais um cliente satisfeito é bem maior. Tem um post aqui no Blog que me refiro à diferença entre vendedor e consultor nesse aspecto, justamente porque alguns vendedores querem apenas te "empurrar" o produto, ao invés de colocar sua paixão para solucionar os problemas do cliente com o benefício.
  15. Focar apenas no desconto: Quando você começa a negociação logo de cara oferecendo um desconto, as chances de terminar bem são muito menores. Procure envolver seu cliente com os benefícios do produto e com a solução para o problema dele. Atenção! Não tem nada de errado você oferecer o desconto para ele, mas precisa ser no momento certo. Isso é válido tanto para vendas presenciais quanto online, porém na online funciona bem quando você "conversa" com o cliente inbox, na publicação é normal aparecer os benefícios e o desconto. Digamos que o desconto é um presente especial para ele, e jamais o benefício principal do produto. O valor real do produto é mais importante do que o valor financeiro, e é seu cliente quem decide se é caro ou barato.
Então esses são os 15 erros mais frequentes nas vendas. Você acrescentaria algum nessa lista? Compartilhe comigo porque sua opinião é muito importante para mim.

E como dizem: "Erros existem para serem aprendidos, não para serem repetidos".

Já que erramos e temos capacidade para corrigir, não vamos ficar parados não é?! Agora é a hora de fazer uma autoavaliação e modificar o que é necessário no nosso atendimento.

Até a próxima!

Fonte:
Administradores.com
Imagens: Reprodução


RENATA NICOLAU - 42 anos, mãe, formada em educação física e estética. Apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza. Ama aprender, ensinar e compartilhar conhecimentos. Está em busca um estilo de vida saudável, minimalista e com equilíbrio. Sua mais recente paixão é a meditação e o estudo sobre o subconsciente.




COMPARTILHE