Aprenda a identificar qual é o seu tipo de pele e como cuidar com receitas caseiras

Identificar o tipo de pele é o ponto de partida para você planejar uma rotina de cuidados, além de adaptar seu estilo de vida e alimentação. Talvez você já saiba qual é o seu tipo de pele, mas de qualquer forma é sempre bom rever as informações pois com o tempo a pele muda.

Devo castrar ou não o meu animal de estimação

O que esse tema tem a ver com o Blog? Tudo... Primeiro porque somos apaixonadas pelos nossos filhos de quatro patas e queremos o melhor para ele, segundo que o blog é sim de beleza, mas também é de comportamento e variedades =) ... Ah!!! Mas eu não tenho nenhum animal em casa. Muito simples, compartilha com seus amigos que tem, assim você pode tirar alguma possível dúvida que ele ainda tenha a respeito desse assunto. 
Devo castrar ou não o meu animal de estimação
Imagem: Reprodução

Ontem levei o Baruk para ser castrado, assim como a minha cadela em Portugal foi, e minha gata em Maringá também foi.

A relação sexual entre cão e cadela (ou gato e gata) é puramente para reproduzir, ou seja, aumentar a população canina (felina) no mundo (assim como todos os outros animais) e mais nada. O macho não vai deixar de ser macho porque foi castrado, isso está apenas na cabeça do ser humano. Como eu não tinha interesse em levar o Baruk em nenhum lugar para "cruzar" com uma fêmea da mesma raça, decidi que a castração seria a melhor atitude a ser tomada. 

Já faz umas três semanas que o Baruk anda "louco" por alguma cadela que está no cio aqui no condomínio e região... kkkkkkkkkk... dá até dó do bichinho, fora o cheiro horrível que fica no apartamento, que é pequeno. As cadelas pode ter 2 cios no ano, agora imagina... Moro num condomínio com três torres, tem várias cadelas aqui... Se em cada cio de cada cadela o Baruk ficar louco desse jeito, ele vai ter um infarto logo logo... kkkkkkkkkkk.

Mas não foi só pensando nisso que resolvi castrar o Baruk, digamos que nesse momento foi o principal. Eu pesquisei muito sobre o assunto porque eu nunca tive um cão, sempre tive cadelas, e a recuperação da cirurgia delas é muito pior do que a dos machos (agora já posso afirmar, e nem se compara um corte com o outro). Dessa forma, resolvi listar alguns benefícios da castração, dentro dessa pesquisa que fiz, para solucionar algumas dúvidas que alguém pode ter.

Vamos lá!
Devo castrar ou não o meu animal de estimação
Imagem: Reprodução
  1. Previne doenças: Algumas doenças podem levar a morte, então a castração pode evitar que elas apareçam, como o câncer de mama e próstata. Os machos, por exemplo, se diagnosticado com esse tumor pode até ser submetido à uma cirurgia de remoção de pênis.
  2. Reduz a agressividade: Alguns cães podem não lidar tão bem com outros animais da casa, ou na rua (não é o caso do Baruk). Depois da castração eles deixam de produzir testosterona, diminuindo assim esse instinto agressivo, da mesma forma que eles deixam de marcar território fazendo xixi em todos os lados (Uffa!!!).
  3. Diminui a agitação: Após a castração, os animais tendem a ficar menos agitados e dormem mais, isso ajuda a manter os animais mais tranquilos e sem vontade de destruir a casa, principalmente quando estão sozinhos =).
  4. Acaba com os cios e as gestações psicológicas: Minha gata sofria demais com isso. Ela não "engravidava", mas psicologicamente sim, isso fazia produzir leite, e os peitos enchiam até empedrar. A aparência era de que ele tinha engolido uma tábua, porque ela ficava reta e dura na região da barriga... Dá muita dó. Depois da castração, isso já não ocorre.
  5. Prolonga a vida do animal: A castração aumenta a vida do seu animal em cinco anos, segundo uma estimativa do veterinário Dr. Marcelo Conte.
Como eu disse, ontem levei o Baruk as 8:00hs na clínica para ser castrado, e fui buscá-lo as 17:00hs. Parecia que nada tinha acontecido (eu filmei ele saindo da clínica, estará no vlog dessa semana). Saiu correndo, brincando, latindo, querendo colo. Daqui uma semana vou levar para tirar os pontos, e segundo a médica veterinária responsável por ele, daqui uns 45 dias os hormônios estarão "no lugar", sem aquela vontade louca de achar a primeira cadela no cio hehehehehe, sem marcar território (estou torcendo para que acabe o cheiro horrível de peixe podre que sai para fazer essa marcação), e menos agitado (mas isso é porque está na infância ainda, sei que ele vai acalmar de qualquer forma).

As fotos abaixo eu tirei ontem quando ele chegou em casa. Comprei um brinquedo novo e um edredom de bebê para ele. Brincou um pouco e dormiu assim, com o brinquedo na boca =)... Depois de comer e tomar os remédios, deitou e dormiu com meu filho, como se nada tivesse acontecido.

Devo castrar ou não o meu animal de estimação
Foto do Snapchat: ReNicolau

Devo castrar ou não o meu animal de estimação
Foto do Snapchat: ReNicolau
Claro que vou ter que tomar muito mais cuidado porque essa raça é propensa à obesidade, depois de castrado então, nem se fala, mas ele vai ficar na ativa e bem.

É isso amores... Espero ter ajudado você que pode estar na dúvida se castra seu bichinho ou não... Eu não penso duas vezes, acho que se não for reproduzir, ajuda muito na saúde dele.

Beijo.


Fonte: Veja.com
Sigam o Blog nas redes Sociais
Facebook  -  Instagram  -  Twitter  -  Youtube  -  Pinterest
Snapchat (ReNicolau)