Torresmo à moda antiga + Banha caseira

Já fazia muito tempo que estava querendo fazer torresmo aqui em casa, mas sabe aquele medinho de quando eles começam a estourar?! Pois é, confesso que esse era o meu maior receio. De vez em quando eu pedia para minha mãe fazer para mim, mas finalmente criei coragem e fiz o meu primeiro torresmo em casa, e consequentemente, a minha primeira banha também.

O tempo e as Jabuticabas - #semanadeaniversario

Oi amores, para finalizar a  #semanadeaniversario trouxe um texto que li no dia 19 (dia do níver) logo que acordei, e achei que ele seria o mais adequado para esse sábado. Realmente minha irmã acertou em cheio o dia para compartilhar no Facebook.


O TEMPO E AS JABUTICABAS

"Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora.

Sinto-me como aquela menina que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ela chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.

Não quero estar em reuniões onde desfilem egos inflados.

Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos.

Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos para reverter a miséria do mundo.

Não quero que me convidem para eventos de um fim de semana com propostas de abalar o milênio.

Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos e regimentos internos.

Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de "confrontação", onde "tiramos fatos à limpo".

Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.

Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: "as pessoas não debatem conteúdos, apenas rótulos".

Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero essência, minha alma tem pressa...

Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja tão somente andar ao lado do que é justo.

Caminha perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo.

O essencial faz a vida valer a pena." - Rubem Alves

Interpretando o Texto...

Eu mudei, mudei muito com o passar dos anos. Vivi, convivi e aprendi que lidar com o ser humano é uma questão de escolha. Você é quem escolhe quem quer que fique ao seu lado e que faça parte do seu convívio. É você quem decidi se quer viver com saúde ou quer ganhar de presente uma úlcera nervosa porque remói a maldade do mundo e das pessoas. É você, simplesmente você!!!

O mundo hoje está tão cheio de coisas feias e maldades que às vezes fico pensando: Por que às pessoas hoje vivem para praticar o mal, mesmo sendo ele inconscientemente? Quando digo o mal, não me refiro apenas à crueldade física, me refiro também à crueldade psicológica.

Vejo/leio tantas pessoas que gostam de se mostrar superiores às outras ofendendo-as, criticando-as, menosprezando-as como se elas não fossem nada, como se elas estivessem completamente erradas, e essas que olham de cima, acham que realmente estão em cima... Só acham!!!

Há pessoas que inflam ao falar mal de alguém, que se enchem de orgulho de si mesmas por achar que está tendo opinião própria... Mas que raio de opinião é essa que ofende, que fere e que muitas vezes causa danos à saúde das pessoas, porque acha que falar não ofende. Quando digo falar, digo escrever também, ok?!

Será que as pessoas não percebem que o tempo está passando, e quanto mais semearem o mal, mais rápido o colherá?

O tempo está passando para prejudicar, ofender, criticar...

O que mais recomendo para minhas amigas é: Fuja de pessoas negativas, de pensamentos negativos, de opiniões negativas, fuja da sujeira do mundo, porque muitas vezes, direta ou indiretamente, elas destroem seu sonho, sua meta, seu objetivo.

Vejo no meu dia a dia pessoas vendo a vida passar e nada fazem para mudar de rumo. Se afundam numa depressão criada no mundo sem perspectiva, sem auto-estima e que não empinam o nariz para sugar o ar que está lhe fazendo falta.

Então o que digo para vocês hoje é o seguinte: Existem uma fortaleza dentro de vocês, que pode estar escondida mas que vocês precisam achar por aí. Vivam intensamente todos os dias da sua vida de forma POSITIVA... Fuja de problemas e ações negativas (isso inclui pessoas)... Deleta da sua vida tudo o que possa fazer mal para a sua saúde física e psicológica...Força... Eu confio em vocês, sei que são capazes de mudar, se for preciso...

Vivam bem, sua saúde agradece!!!

Beijossss, fiquem com Deus e até mais.

Sigam o Blog nas redes Sociais
Facebook  -  Instagram  -  Twitter  -  Youtube  -  Pinterest