Banha de porco e seus benefícios

Antigamente a banha de porco era muito utilizada para preparar os alimentos pois além de ser de fácil acesso, seu custo era bem menor do que os óleos vegetais. Com o passar do tempo, mitos foram espalhados dizendo que o melhor seria consumir os óleos vegetais e não a banha, dessa forma eles tiveram seus preços reduzidos e passaram a ser mais consumidos no mundo.

KÖLNISCH WASSER 4711 - A legítima "Água de Colônia"

Oi genteeeeeeeee!!!

Nossa, primeiro tenho que pedir desculpa pela ausência...É que comecei a trabalhar, e ainda estou me adaptando as mudanças de horários e rotinas...Mas já já me organizo e estou aqui todos os dias =)

Hoje vim contar uma história que aprendi sobre um perfume e que quero compartilhar com vocês. Ah! Esqueci de dizer, estou trabalhando com perfumes (claro que tinha que estar ligado à beleza não é?).

Então vamos lá conhecer a História da Água de Colônia 4711.


Para quem não sabe, o ícone da perfumaria mundial é KÖLNISCH WASSER 4711, a Legítima ÁGUA DE COLÔNIA. Ironicamente falando, o produto original não é uma colônia, e sim uma Água de Toilette ou Eau de Toilette, pois contém mais do que 5% de compostos aromáticos.

Segundo consta, a popular Água de Colônia foi inventada em 1709 por Giovanni Maria Farina, um expatriado italiano que morava na cidade alemã de Colônia. Diz a lenda que  Farina copiou a fórmula de um monge que viveu muitos anos no Oriente. Inicialmente era conhecida como "Aqua Mirabilis", que significa "Água Milagrosa" e era vendida como remédio para curar todos os tipos de males, desde a dor de dente até a peste. Sua utilização poderia ser tanto internamente (ingerida) como externamente (eu já provei internamente, isso mesmo meninas(os), borrifei essa "Água Milagrosa" na boca, tem um gostinho de limão - MARAVILHOSA). Bom, continuando, no dia 8 de outubro de 1972, um jovem comerciante chamado Wilhelm Mülhens fundou uma pequena empresa na cidade alemã de Colônia (daí a origem do nome) para a produção de fragrâncias. Mas esse jovem "empresário" só teve acesso à fórmula quando casou com a filha de um tabelião e recebeu como presente de um monge (o criador da fórmula) a receita secreta para a produção do líquido, então considerado milagroso. Como o nome Farina havia se tornado sinônimo de "água milagrosa", ele continuou a produzi-la com o mesmo nome.


Mas por que Àgua de Colônia 4711?

Então vamos lá a mais uma história interessante. 

Em 1974, Mülhens adquiriu uma casa na rua Glockengasse na cidade de Colônia. Com a ocupação da cidade pelas tropas napoleônicas, que só terminaria em 1814, o comandante francês ordenou a numeração das casas dessa rua para o maior controle, e coube ao dono da pequena fábrica da água milagrosa o número 4711. Porém, em 1980, Napoleão ordenou a revelação de todas as receitas de remédios, então o fabricante alemão decidiu dar um passo corajoso: Não fabricaria mais a tal água milagrosa e sim água de cheiro, e que inicialmente era usada por oficiais franceses para se refrescarem.

Surgia então a marca KÖLNISCH WASSER 4711 (a legítima "Água de Colônia"), registrada oficialmente em 1845.


Napoleão se foi, e o número do produto ficou, e assim o sucesso do produto aumentou no decorrer dos anos, graças aos clientes ilustres que o produto conquistou como o poeta Goethe e o compositor Richard Wagner. Assim, o lema da marca se mantém até o hoje, e para quem não o conhece, aí vai: " Se estamos refrescados, estamos bem". Isso tudo porque a composição única da água de colônia 4711 exercia um efeito positivo no corpo, no espírito e na alma, conferindo a sensação de bem-estar. No século seguinte, a Água de Colônia 4711 começou a ser exportada para vários países, tornando-se um verdadeiro clássico da perfumaria mundial.


Durante décadas o sucesso do produto fez com que a empresa ampliasse a linha de produtos da marca 4711, passando a ter também o desodorante, colônia pós-barba, sabonete, loção hidratante, creme de mãos, gel de banho e até mesmo toalhitas refrescantes da mais legítima água de colônia. Em 1964, a casa localizada no nº4711, que havia sido destruída pelos bombardeios da Segunda Guerra Mundial, foi reconstruída e se tornou uma enorme âncora da marca e uma das principais atrações turísticas da cidade de colônia.


O clássico frasco da água de colônia 4711 permanece inalterado desde 1922, quando a marca alemã passou a utilizá-lo. Antes disso, o frasco que era utilizado chamava-se "Rosoli", que era difícil de armazenar e transportar. Em 1822, o frasco, atualmente usado e conhecido por "Molanus", foi criado pelo perfumista Peter Heinrich Molanus, mas adaptou um colar de metal entre a tampa e o corpo do frasco que  possibilitava ao líquido cheio de álcool se dilatar quando em temperaturas mais altas. Também era mais fácil de pegar, armazenar e transportar, além de conter uma enorme área para a fixação do rótulo.


CURIOSIDADE:

- Atualmente a Água de Colônia 4711, que integra o grupo de um dos maiores produtores de perfumes e cosméticos do mundo, é exportada para mais de 80 países, sendo um ícone no seguimento de perfumaria.

- Esse perfume em várias línguas: Água de Colônia em alemão é KÖLNISCH WASSER; em francês é EAU DE COLOGNE; em italiano é ACQUA DI COLONIA; em espanhol é AGUA DE COLONIA e em latim é SPIRITUS COLONIENSIS.

Não é o máximo?

Amo estudar a história das grandes marcas.

Se ficaram interessadas(os), e quiserem adquirir o perfume 4711, é só entrar em contato comigo =).

É isso, espero que tenha gostado do post de hoje. A vida é assim, vivendo e aprendendo...

Beijocas grandes para vocês e até o próximo post.



Sobre a Autora:
Renata Nicolau - É Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (Brasil), trabalha com fitness há 16 anos. Cursou Estética no CEAC / Portugal. É Maquiadora, Consultora de Beleza Independente Mary kay e Designer de Bijouterias.